ARMÊNIA-BRASIL

Home

Minha História

Alfabeto

Cultura

Contos Épicos

David de Sassun

Dicionário
Armênio-Português

Dicionário
Português-Armênio

Genocídio

História

Khent

Links

Mapa

Publicações

Terceira Parte

David de Sassun

Órfão logo nos primeiros dias de existência, David foi criado por seu tio João Trovão. Sua esposa não gostava de criança. Portanto, insistiu para que seu marido cumprisse a última vontade de Meher, isto é, confiar a guarda de Meher a Ismile Khatun.

Mas João Trovão hesitava. Geralmente evitava contrariar sua esposa. Mas a criança acabara de nascer; talvez valesse mais guardá-la em Sassun durante algumas semanas e mandá-la para Missir mais tarde. Pela primeira vez impôs a sua vontade.

A procura por uma ama-de-leite tornou-se uma tarefa insuperável. Com efeito, a criança mamava com tanta sofreguidão que o leite das amas secava no dia seguinte. Pior! Várias amas morreram de esgotamento após ter amamentado David.

João Trovão teve de admitir que não era possível sacrificar todas as amas do país.

_ “Está vendo! Mande-o para Missir”, repetia a esposa incessantemente. Isso é o problema de Missir, não nosso. Afinal, ela nos deve isso e também, era o desejo de Meher. Você não vai querer saber mais que teu irmão o que é melhor para ele!”

Cansando de ouvir sempre a mesma ladainha, João Trovão decidiu separar-se de David. Amarrou-o cuidadosamente na garupa de Potro Djalali ao qual disse:

_ “Você vai levar David para Missir e entregá-lo a Ismile Khatun, a mais ninguém. Confio em você. Não esqueça que ele é a nossa única esperança.”

O Potro Djalali que entendia muito bem o linguajar dos homens, acenou com a cabeça e partiu tal relâmpago. Voltou a tomar fôlego somente na frente da porta de Ismile Khatun . 

Introdução

Sanazar e Baltazar

Meher o Leão

 

David de Sassun

clique aqui para continuar

clique aqui para voltar